Vou começar uma nova série com o resumão (bem por cima) das notícias mais importantes na Austrália durante a semana. Espero que sirva de alguma utilidade (ou inutilidade cultural) para quem gosta de jogar papo fora e quer saber do assuntos mais conversados nas rodinhas australianas.

Read more Comments Off

(me desculpe, meu teclado nao tem a acentuacao para lingua portuguesa)

Hoje vou falar sobre os comentarios e reacoes de australianos sobre um post publicado ontem em uma pagina do Facebook chamada ‘Meanwhile in Australia’, que fala sobre acontecimentos ou situacoes que so poderiam acontecer aqui, nessa terra distante. Varios posts da pagina sao bem divertidos e expressam o modo de vida bem peculiar dos Ozzies. 

A Vera deixou um comentário no post da semana passada sobre a repercussão da prisão dos 16 estudantes brasileiros por tráfico de drogas onde eu falei um pouco da incógnita que os brasileiros são para a grande maioria dos australianos, e lembrou de um episódio inusitado ocorrido num dos programas de TV matutinos daqui.

Parada gay, parada LGBT ou LGBTIQ? Para você pode não fazer diferença, mas para uma considerável parcela da população faz. Esses termos refletem a luta em torno do reconhecimento das diferentes orientações sexuais e identidades de gênero na nossa sociedade.

Read more Comments Off

Longe de dizer que o que vou escrever hoje seja 100% a mesma impressão de que outros brasileiros estejam tendo por aqui. Totalmente minhas próprias conclusões. Assim como muitos outros brasileiros fiquei bastante preocupado com a repercussão sobre a prisão dos 16 estudantes por tráfico de drogas na quinta-feira passada. Por mais que seja uma coisa alheia a nossa vida pessoal, por mais que sejamos desencanados a opinião dos outros, acho que qualquer coisa ruim feita por outros brasileiros traz um certo receio “do que os australianos vão começar a pensar” do resto.

Autor: Edmond Battisti

Toda vez que escuto as palavras “Praga de coelhos” não consigo ligar uma palavra a outra, mas são considerados uma praga na Australia, infelizmente esse é o resultado da interferência dos humanos na natureza, o que sempre causa um desequilíbrio.

Read more Comments Off

A foto do post de hoje é da Young Australian of The Year de 1998, Tan Le. Tem um certo significado pessoal pois este foi o ano em que mudei para a Austrália. E naqueles dias, ver uma jovem de 22 anos, nascida no Vietnam, que chegou aqui como refugiada num barco (sim, os tais boat people tão indesejados nos dias de hoje) ser eleita como a jovem australiana do ano, me causou uma ótima impressão sobre a receptividade dos australianos, e me passou a tranquilidade de acreditar que vencer aqui e conquistar o seu espaço não depende de raça ou do seu local de nascimento.

Read more Comments Off

A intenção para hoje era escrever um texto sobre “os australianos” mas depois de alguns comentários no grupo dos aussileiros e também nos brasileiros em Sydney no Facebook, resolví desviar um pouco o assunto para falar sobre o sotaque estrangeiro na Austrália.

Estava lendo os comentários do último post do Jerry e percebí que alguns leitores estranharam que muitos australianos não consideram pessoas “classificadas” como brancas no Brasil como brancas por aqui. E o outro ponto do texto era que algumas pessoas, mesmo nascidas aqui, não seríam vistas como australianas.  Minha opinião é que ser rotulado branco, negro, amarelo, brasileiro não tem nada haver  e ninguém vai ser “diminuido” na Austrália por causa disso.  Mas vou aproveitar para explicar um pouco mais a fundo.  Tinha começado a deixar um comentário lá no BrazilAustralia mas como estava ficando muito grande, resolví colocar aqui na aussileiros.

Read more Comments Off

Aqui vai um post comemorativo para o Dia da Austrália (Australia Day) que para quem não sabe ocorre no dia 26 de Janeiro por ocasião da chegada da Primeira Frota (The First Fleet) em Botany Bay em 1787. Os aborígenes se referem carinhosamente a essa data como o Dia da Invasão.

Apesar do título do post, a chegada da Primeira Frota não foi o descobrimento da Austrália. Essa data simboliza o estabelecimento da primeira colônia penal da Grã Bretanha no país. Antes disso já havia passado por aqui o Capitão James Cook que foi quem tomou posse do território para a Grã Bretanha em 1770.

Read more Comments Off