É complicado morar no exterior e querer opinar sobre política brasileira. Muita gente até acha que não temos mais esse direito por termos “abandonado” o país e não estarmos lá para ajudar a fazer as coisas melhorarem. Pode até ser, mas por mais desconectado que alguém fique do Brasil, é impossível não sentir algum grau de emoção em relação a tudo o que está acontecendo por lá nesse momento.

Lí ontem de manhã no Sydney Morning Herald que o governo resolveu relaxar as regras do visto 457 (visto de trabalho temporário com patrocínio de empresa), e ví que a Nina também postou a tradução no Tagarela. Ótima notícia para quem conta com essa opção para viver na Austrália sem precisar ficar pagando curso num visto de estudante, ou para quem ainda está no Brasil e tem interesse em vir para cá para trabalhar direto na área (principalmente o povo de TI). Eu pessoalmente vim para a Austrália nesse visto, e é realmente uma grande porta de entrada para a residência permanente.

Aqui vai um post comemorativo para o Dia da Austrália (Australia Day) que para quem não sabe ocorre no dia 26 de Janeiro por ocasião da chegada da Primeira Frota (The First Fleet) em Botany Bay em 1787. Os aborígenes se referem carinhosamente a essa data como o Dia da Invasão.

Apesar do título do post, a chegada da Primeira Frota não foi o descobrimento da Austrália. Essa data simboliza o estabelecimento da primeira colônia penal da Grã Bretanha no país. Antes disso já havia passado por aqui o Capitão James Cook que foi quem tomou posse do território para a Grã Bretanha em 1770.

Read more Comments Off

Como eu disse lá no grupo do Aussileiros no facebook, uma das coisas que poderíamos fazer para agitar um pouco a comunidade sería começar a escrever coisas novas no blog. Fiquei surpreso que o último post daqui é de Abril de 2012, quase dois anos. O tempo passa muito rápido. Apesar de continuar acompanhando a comunidade, e aprovar membros novos, sei que me afastei bastante. Não só eu, mas também outras pessoas que estavam sempre contribuindo. Mas é normal, prioridades mudam, projetos novos aparecem, e achar tempo e inspiração não é fácil.